terça-feira, 30 de outubro de 2012

Maior preocupação no Mali é a falta de água para atender vítimas, afirma coordenador do ACNUR


Coordenador do ACNUR no Mali, Valentin Tapsoba (à esquerda, de boné) em visita a um acampamento na Mauritânia. (ACNUR)
Mais de 300 mil pessoas já tiveram de deixar suas casas no norte do Mali desde o início dos conflitos em janeiro. Muitas delas buscam abrigo em áreas marginalmente seguras no sul do país, enquanto um número ainda maior foge para países vizinhos.
O Coordenador do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR) para a situação do Mali, Valentin Tapsoba, passou a maior parte do ano supervisionando os esforços para garantir segurança e proteção às vítimas. Ele é responsável por uma grande operação de ajuda humanitária na região do Sahel, incluindo Argélia, Burkina Fasso, Mali, Níger e Mauritânia.
Baseado em Dacar, no Senegal, Tapsoba visitou recentemente várias capitais europeias para se reunir com doadores e jornalistas na busca por uma robusta resposta humanitária de emergência para o Mali. Leia os principais trechos da entrevista concedida por Tapsoba 

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Chávez: Sin participación popular cualquier modelo democrático es falso






Caracas, 09 Oct. AVN.-
De brillante calificó el presidente Hugo Chávez las elecciones del pasado domingo 7 de octubre, cuando más de 80% de los venezolanos "se volcaron desde la madrugada con pasión y alegría" a ejercer su derecho al voto.

"Si alguien quiere ver una democracia vigorosa, sólida, venga a Venezuela", dijo una vez más el Mandatario, tal y como lo hizo el domingo, horas antes de ser reelecto por más de ocho millones de venezolanos para el periodo 2013-2019.

Desde el Salón Ayacucho, ante una delegación de periodistas extranjeros, Chávez expresó su reconocimiento al pueblo venezolano y subrayó que "sin participación popular, cualquier modelo democrático es falso"

http://www.avn.info.ve/contenido/ch%C3%A1vez-sin-participaci%C3%B3n-popular-cualquier-modelo-democr%C3%A1tico-es-falso

http://www.pnud.org.br/Noticia.aspx?id=3651


Escultura "Non-Violence" (Não-Violência), do artista Fredrik Reuterswärd, um presente do governo de Luxemburgo às Nações Unidas. Foto: Jacob Said/PNUD Brasil.










21 Setembro 2012
do PNUD


Mais de meio milhão de pessoas morrem todos os anos em conflitos armados, ataques violentos e como resultado de atividades criminosas no mundo. Buscando transformar esta realidade, a Organização das Nações Unidas (ONU) adotou o dia 21 de setembro como o Dia Internacional da Paz, um momento de cessar-fogo e não violência. Nesta data, a ONU pede o encerramento completo das hostilidades em todo o mundo. 



Como parte das iniciativas no Brasil, o Programa Conjunto da ONU Segurança com Cidadania, que integra seis agências das Nações Unidas no país, lança hoje (21), o site www.segurancacomcidadania.org. Ferramenta de promoção da segurança cidadã, o portal tem como objetivo divulgar as ações em andamento nos três municípios brasileiros que fazem parte do Programa Conjunto: Contagem (MG), Lauro de Freitas (BA) e Vitória (ES).